Como fazer um treinamento de funcionários

Quer implementar um treinamento de funcionários na sua empresa, mas não sabe por onde começar? Entenda porque treinamentos são importantes e o que você pode fazer para atingir os resultados que espera com eles.

Treinamento de funcionários

Ter a visão de que é importante manter os seus funcionários constantemente atualizados é o primeiro passo para alcançar mais motivação da sua equipe, assim como maior produtividade e inovação para a organização.

Entender que as pessoas da sua empresa precisam de conhecimentos e recursos suficientes para realizarem as demandas do dia a dia com qualidade é fundamental.

E você só pode oferecer isso a elas se incentivar treinamentos de funcionários de forma constante. Como fazer isso da forma certa?

A importância do treinamento de funcionários

Oferecer um treinamento de funcionários é uma forma de desenvolver habilidades específicas neles, relacionadas a sua função na corporação, a fim de alcançar determinados objetivos da empresa.

Os treinamentos podem ser destinados desde para quem está em cargos mais baixos até a liderança.

Isso porque ao fazer um treinamento, os funcionários se sentirão mais valorizados e terão um maior comprometimento com a empresa, por entenderem que a corporação é comprometida com eles e se importa em entregar conhecimento e recursos para trabalharem melhor.

Uma forma anda de melhorar a produtividade, porque o funcionário pode ser orientado sobre como realizar o seu trabalho de forma mais prática, sem erros e refações.

Também melhora o clima organizacional, pois eles se sentem motivados para o trabalho, e incentiva a inovação, porque, ao se atualizarem, atuam com o que há de mais novo.

Além disso, problemas como rotatividade costumam ser reduzidos, pois os treinamentos trazem o sentimento de pertencimento à empresa.

Um treinamento não é um encontro rápido ou várias reuniões. Você pretende transmitir conhecimentos, então isso precisa ser bem pensado e planejado. Do contrário, todos poderão estar apenas perdendo tempo.

Você vai precisar de um cronograma de treinamento para funcionários

Para construir um cronograma de treinamento satisfatório, tanto para que você alcance os resultados que espera quanto para que os funcionários aprendam coisas novas e se sintam motivados, você precisa prestar atenção em três coisas:

1.  Conhecer o seu público

2.  Entender as necessidades da empresa

3.  Fazer uma análise detalhada

1.  Seu público

Qual setor da empresa você vai envolver? Qual o perfil das pessoas que trabalham lá? Que tipo de treinamento seria mais assertivo para elas, aquele que elas vão absorver melhor? Quais são os maiores problemas encontrados e como o treinamento pode ajudar a equipe em questão?

2.  Sua empresa

Quais competências precisam ser desenvolvidas nesses profissionais para que a sua empresa resolva as necessidades que tem hoje? Além da opinião de funcionários e gestores, se baseie em pesquisas de clima dos funcionários e até mesmo em pesquisas de satisfação de clientes. Tenha embasamento.

3.  Um diagnóstico

Analise seu público e as necessidades da sua empresa para montar um diagnóstico do que precisa fazer. Isso norteará como o treinamento deve ser. O responsável pelo treinamento poderá, a partir disso, desenvolver os funcionários dentro de uma estratégia.

Você pode delegar a tarefa para alguém da sua empresa, mas saiba que existem profissionais especialistas no assunto, que certamente poderão entregar resultados positivos.

Esteja preparado

Tudo definido, escolha uma pessoa preparada e com uma dinâmica que mantenha a atenção dos espectadores. Nada mais chato do que uma apresentação de mais de 100 slides em que todo mundo fica com sono, não é?

Diante do momento que estamos passando, em que não podem ser feitos treinamentos de forma presencial, está melhor preparado quem consegue proporcionar experiências online assíncronas e síncronas.

Com elas, não precisamos parar de treinar durante o isolamento, mas repensar os programas tradicionais, o que inclusive poderá aprimorar programas futuros.

Procure também pensar em formas de testar o que for ensinado no seu treinamento. Vamos pensar em um treinamento para vendedores, por exemplo: se, antes do curso, a cada nove clientes abordados, apenas um convertia em venda, você possivelmente espera uma melhora desse número após o treinamento.

Mensure e dê retorno para os participantes. Se for necessário, aprimore as suas técnicas para atingir os resultados pretendidos em novos treinamentos. E, claro, conte com um profissional do ramo de Gestão de Pessoas para ajudar nessa tarefa. Com a Gestaum Lab, você encontra os melhores.

Temos facilitadores experientes para fazer o design e a condução de treinamentos online conforme a sua necessidade!

, enviamos uma cópia para o seu e-mail!

O download já começou. Caso não tenha iniciado, confira seu e-mail.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário